MEU CONTATO COM O INSTITUO LOHAN

MEU CONTATO COM O INSTITUO LOHAN

Primeiramente gostaria de agradecer nosso a mestre Luis Mello e por permitir que nós alunos pudéssemos compartilhar nossas experiências no templo e a história de como conhecemos o Instituto Lohan e de que forma a escola nos mudou.

Meu nome é Sergio Baldin de Oliveira, sou aluno do Instituto Lohan á quase 02(dois) anos. Não sou uma pessoa que gosta de contar muito sobre os problemas que já enfrentei em minha vida falo apenas o que acho que seja relevante. Como já sou membro da escola há algum tempo me sinto confortável para dizer quais foram os motivos que me fizeram a treinar Kung-Fu e porque escolhi ficar no Lohan.

No começo do ano de 2016, estava passando por uma situação complicada no meu ambiente de trabalho tanto eu como alguns colegas sofríamos constantemente assédio moral por parte de um de nossos superiores que gostava de humilhar e nos discriminar. Essa situação me acarretou muitos problemas psicológicos me deixando uma pessoa antipática, impaciente, intolerante, agressivo e sedentário sem querer sair de casa para nada ficando recluso de tudo.

Fui orientado por meus pais a procurar fazer alguma atividade física que pudesse me distrair e até mesmo me ajudar, como já havia praticado durante 01(um) ano Kung-Fu quando criança optei por fazer algo que eu já conhecia e comecei a procurar algumas escolas de artes marciais que ficavam próximo do meu trabalho foi quando vi um cartaz do Instituto Lohan próximo ao metro Liberdade e decidi marcar uma aula experimental.

Ao chegar para fazer aula no INSTITUTO LOHAN fui bem recepcionado não só pelos funcionários como também pelos alunos que me recepcionaram logo de imediato puxando assunto e me orientando em alguns exercícios. Fiz a aula experimental e me senti extremamente melhor não apenas fisicamente mais também mentalmente, após o treino me senti renovado como se os problemas tivessem sumido mesmo que por um instante.

A aula que tive foi tão boa que decidi me matricular por um ano inteiro e assim o fiz me matriculei por um ano e comecei a treinar no INSTITUTO de começo não agüentava muito fazer os treinos, pois eram bem pesados e exigiam força mental e física.

MUDANÇA:
Após algumas messes de treino comecei a perceber algumas mudanças em meu comportamento e algumas mudanças físicas, ao invés de fazer apenas duas aulas de 01(uma) hora durante a semana, comecei a fazer 3(três) aulas às vezes duas seguidas, voltei a ser uma pessoa simpática, paciente, compreensiva e não ficava mais agressivo. Essas mudanças também repercutiram no meu ambiente de trabalho onde fui elogiado por minha paciência e pregar algumas coisas que aprendi no INSTITUTO LOHAN também apreendi a tolerar certas situações.

Com o passar do tempo treinando bastante acabei a praticando não só o Kung-Fu Shaolim, mas também o Wing-Shum outro estilo de arte marcial chinesa que a escola oferece. Quanto mas treino mais resistência física eu ganho atualmente pratico 02(duas) aulas seguidas de uma hora na semana e uma aula de 2(duas) horas aos finais de semana.

O INSTITUTO LOHAN E SEUS MEMBROS:
Aos meus olhos não é apenas uma escola de artes marciais, diferente da maioria das escolas que após o treino vai cada um para o seu lado. O INSTITUTO LOHAN, propaga a algo que poucas escolas tem o chamado sentido da família onde os alunos cuidam um dos outros sempre com respeito, sinceridade e honestidade.

Os alunos mais velhos acolhem os alunos mais novos como irmãos e pelo que sempre vejo nas aulas é sempre o aluno mais experiente dividindo seus conhecimentos com os mais novos e os corrigindo quando necessário.

Lá conheci grandes pessoas de diferentes opiniões, diferentes religiões, diferentes países, cada um o qual tive o prazer de conhecer me ensinou o significado da amizade, lealdade, honestidade e o que é ser uma família.
Nossos irmãos mais velhos são nossos monitores estão ao lado de nosso mestre, eles nos guiam e repassam seus conhecimentos sanando nossas duvidas e nos corrigindo quando necessário para aperfeiçoamos nosso Kung-Fu.

O SHIFU

Como toda família o Instituto Lohan tem um patriarca no caso nosso Shifu que tem como significado de (mestre para toda vida). Nosso mestre Luis Mello é o responsável por essa incrível família que é o Lohan, além das aulas praticas que temos no dia-a-dia temos também a parte teórica onde ele senta conosco e nos tira algumas duvidas que temos sobre os exercícios praticados e nos ensina sobre o surgimento do Kung-Fu Shaolim e de que forma essa arte se propagou no mundo.

Nosso mestre nos passa seus conhecimentos de forma simples e de maneira eficaz, pois uma fez que aprendemos não esquecemos, é sempre simpático com todos seus discípulos e alunos ele os conhece um por um quando pode. Cada aula que temos e nos ensina sempre uma maneira de agir e sempre nos corrige para que possamos fazer certo as técnicas e exercícios e para que assim possamos dar continuidade a seu legado.

AGRADECIMENTO.
Atualmente estou para completar 02(dois) anos no INSTITUTO LOHAN e só tenho a agradecer pelo tempo maravilho que tive durante todo esse tempo e as pessoas incríveis que conheci pretendo continuar por mais um bom tempo na escola ao lado dos meus irmãos de treino e do nosso mestre.
A todos que cederam seu tempo para ler este depoimento muito obrigado.

Amituofó