Minha visão sobre o Kung Fu e Instituto Lohan.

Olá, saudações a todos os leitores, meu nome é Erick Cavalcante, sou aluno e recentemente me tornei discípulo formal do Instituto Lohan ao participar da cerimônia de Paisi no Templo Lohan.  Agradeço muito ao convite do Shifu Luis Mello para expor minha visão sobre o Kung Fu, na condição de iniciante, abordando minha vivência até o momento.

Como conheci o Kung Fu e o Instituto:

Acredito que como a maioria dos brasileiros, meu primeiro contato com o Kung Fu e interesse se deu através de filmes e textos leigos sobre o tema. Sempre admirei o Bruce Lee, tanto pelos filmes quanto pelos livros e textos sobre filosofia. A partir desse contato procurei outras obras chinesas como Os Analectos de Confúcio, A arte da guerra e o Tao te ching. Quanto a prática da arte marcial, já havia feito algumas aulas experimentais em alguns lugares, mas, apesar de serem bons locais, não me senti inclinado a voltar. Depois de muita pesquisa acabei encontrando o Instituto Lohan, marquei uma aula experimental e senti que havia encontrado o lugar ideal.

O Instituto e os irmãos:

Desde o primeiro momento, me senti completamente bem vindo e acolhido por todos. Eu sou uma pessoa reservada e por vezes hermética, até com certa desconfiança com as pessoas, mas isso não vem ao caso. O que me surpreendeu foi a simpatia com que todos se tratam e isso se estende a todos os novatos e visitantes. Todos os instrutores e irmãos dão o melhor de si para fazer do Instituto Lohan uma das melhores escolas do Brasil. Não há distinção e preconceitos de qualquer tipo, sendo que iniciantes e avançados podem treinar, conviver e crescer juntos, como uma irmandade deve ser. O instituto é um local muito bem estruturado e organizado, contando ainda com o Templo que é um lugar de paz e de força, o que torna a experiência ainda mais especial e tradicional.

O Shifu:

Se você procura um mestre que te carregue nas costas, que te convença com risadas ou palavras belas e simpáticas o tempo todo, definitivamente você não está procurando Kung Fu. O melhor do Instituto Lohan é contar com um Shifu que não vai te iludir, pelo contrário, irá expor as verdades de cada um, doa a quem doer, duro e rígido, como só um pai que quer o melhor para o filho pode ser. Há mais de 20 anos ensinando (e nunca deixando de aprender) Kunf Fu, Budismo e a Cultura Chinesa, o Shifu Luis Mello é referência não só no Brasil, mas pelo mundo. Ligado aos mestres e irmãos chineses, está sempre se aprimorando e representando o verdadeiro Kung Fu chinês no Brasil. Apesar da postura rígida e séria de um respeitável Shifu, sempre mantém a humildade de se sentar com todos e principalmente de ouvir o que todos têm a dizer, trata todos com justiça e nas horas de descontração, se revela uma pessoa divertida e muito amigável que todos adoram.

Por que praticar Kung Fu?

Quanto a isso, cada um tem seus motivos. Seja para melhorar seu físico, sua concentração e foco em estudos, talvez para se tornar um grande lutador ou ainda para adquirir paz e tranqüilidade em uma vida conturbada, as pessoas buscam no Kung Fu a solução. Há todo um ar de mistério e misticismo por trás das artes chinesas que os leigos acreditam que fará a diferença em suas vidas no momento em que pisarem na escola. Não há mágica nenhuma. Passado algum tempo praticando, as pessoas irão vivenciar essa nova realidade, pode ser um choque para alguns, até um momento de incerteza e frustração, mas para a maioria será a maior libertação de suas vidas. O kung Fu finalmente irá ensinar que nada cai do céu, ninguém vai resolver seus problemas por você, muito menos te carregar no colo. O kung Fu irá sim fortalecer seu corpo e sua mente, mas através de muito esforço e dedicação. A partir do momento que você aceitar essa nova realidade, poderá começar a conhecer a si mesmo e se reinventar. Ir atrás de conquistar com a mesma garra aprendida nos treinos os seus objetivos, pois se trata da sua vida e de você tomar as rédeas e conquistar. Nessa nova jornada, com força e equilíbrio restaurados, podendo contar com o apoio dos irmãos e do Shifu, você poderá conquistar o que deseja, através de seu esforço e determinação, não desistindo jamais, pois o Kung Fu se trata de continuar em frente, sem pressa, sem perder tempo.

Muito obrigado.

Amituofo.